FarmPhoto.com - Picture yourself farming.
T3RRA Cutta
Thread #168803 / / Total number of messages: 13 / Thread View Count: 2260 / Add thread to favorites:
Edwin 168803 82 SLC 7100 - 1992 either
SLC 7100 - 1992
Made in Argentina.
Licensed by John Deere??
0,0,0
Re: SLC 7100 - 1992
Another picture.



Edwin.
0,0,0
Re: SLC 7100 - 1992
Yes, licensed by John Deere. Schneider, Logemann & Cia
Ltda, (SLC), had a joint venture with John Deere. In 1999,
John Deere bought 100% of the agriculture manufacturing
division and removed the SLC name from the tractors and
combines. Tractors were built and distributed under the
SLC-John Deere name.
0,0,0
Re: SLC 7100 - 1992
Kevanos, do you mean that there John Deere tractors with
SLC-John Deere on it were sold in Argentina??



Edwin.
0,0,0
Re: SLC 7100 - 1992
Made a mistake!!!
Manufactured in Brazil.
0,0,0
Re: SLC 7100 - 1992
Schneider Logemann & Cia (SLC) are a Brazilian company. It made fusing with the Deere & Co (John Deere).
0,0,0
Re: SLC 7100 - 1992
Logo of the Schneider Logemann & Cia and John Deere (SLC - JOHN DEERE), in Brazil for the period of 1996 to the 2000.
0,0,0
Re: SLC 7100 - 1992
and what are they called now?
0,0,0
Re: SLC 7100 - 1992
Since 2001 the John deere incorporated its world-wide mark in the Brazilian products.

Desde 2001 a john deere incorporou sua marca mundial nos produtos brasileiros.

John Deere no Brasil - Aliança da Tecnologia com o Mercado

A união entre a John Deere e a SLC completou 22 anos em janeiro de 2001. No ano de 1979 a John Deere formalizou sua associação com a Schneider Logemann & Cia. Ltda. ao adquirir 20% do seu capital. Em 1996, motivada pela identidade de ideologias, princípios e objetivos, foi constituída a SLC - John Deere Ltda\. Com injeção de novos recursos, a John Deere passa a controlar 40% do capital da nova empresa.


O controle acionário, no entanto, é transferido à John Deere em 1999, três anos após o início da produção de tratores SLC - John Deere, um antigo sonho acalentado desde os anos 70.

No mercado há 56 anos, líder em vendas de colheitadeiras e com expressiva participação no setor de máquinas agrícolas, a SLC foi a parceira ideal pelo seu conhecimento e pela sua penetração no agribusiness brasileiro pela sua base industrial em Horizontina/RS. Ingredientes essenciais agregados à competência tecnológica e corporativa da John Deere.

O sonho de crescer foi concretizado a passos firmes, no momento certo, com nome e sobrenome. De um lado, a Schneider Logemann, madura, sabia que não poderia, sozinha, fazer frente à concorrência internacional. Do outro, a John Deere, então líder mundial, já vislumbrava a entrada no mercado brasileiro.

A sintonia entre as duas empresas já existia quando Jorge Logemann, então presidente da SLC, responsável pela costura e construção do relacionamento com a John Deere, percebeu a motivação daquela empresa para uma aproximação com a visão do longo prazo. "A SLC procurou ninguém menos do que o líder mundial para compartilhar seus planos de crescimento", enfatiza o presidente Eduardo Silva Logemann, que concluiu as negociações iniciadas pelo pai.


Fruto dessa aliança, na área de colheitadeiras, a partir de 1979, já se desenvolviam produtos mais elaborados. Em 1983, saía da fábrica, na cor verde, a primeira colheitadeira SLC modelo 6200, fato que marcou a influência da tecnologia John Deere.

Com horizontes ampliados, a SLC - John Deere voltou-se também ao plantio, graças à tecnologia John Deere adequada às condições brasileiras. No mesmo ano de 1983, a fábrica de Horizontina passa a produzir plantadeiras, diversificando a produção e aumentando a linha de produtos. Ao mesmo tempo intensificava-se o intercâmbio de filosofias de manufatura, gestão da qualidade e condução de negócios.

Mais informações: jwalker1950@bol.com.br
More information: jwalker1950@bol.com.br
0,0,0
Re: SLC 7100 - 1992
thx ;-)
0,0,0
Re: SLC 7100 - 1992
A produção das máquinas John Deere no américa do sul é assim:
Os motores e cabines são fabricadas na argentina.
Depois são trazidos para o brasil onde são fabricada as demais peças, para poderem ser motados.
Depois são vendidos no mercado brasileiro, argentino e em demais países.

The production of the machines John Deere in the South America is thus: The engines and cabins are manufactured in the Argentine. Later they are brought for Brazil where the too much parts are manufactured, to be able to be mounted. Later they are to sell in the Brazilian, Argentine market and in too much countries.
0,0,0
Re: SLC 7100 - 1992
okay now i understand
0,0,0
Re: SLC 7100 - 1992
Few SLC sold in Argentina, in provinces like Entre Rios and others near brazil.

About the combines, receive from Brazil & USA until 2011 all the combines, but since this year, in the plant of Granadero Baigorria also made combine harvesters like the STS series and now the S series
0,0,0
Loading Message List
[You must sign in to add photos or messages to this thread]
.
Please Note: FarmPhoto.com does not claim ownership of the photos posted here.
Contact individual posters for permission before using any of the photos.
0.09sec